dois coelhos

Esta é a nossa história, dois rapazes destinados um para o outro, que se conheceram quando um tinha 20 anos e o outro 26.
Desde esse dia que a nossa vida mudou para sempre! E vocês são as nossas únicas testemunhas!

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Cigno Blog Awards - aftermatch

Foi ontem a grande gala de atribuição dos prémios Cigno 2015, uma iniciativa para promover a blogosfera LGBT friendly lusófona.



Aqui a toca dos coelhos ganhou o prémio de Melhor Blogue LGBT de Viagens, Cultura ou Lifestyle. Apesar de nos deixar orgulhosos, o prémio é igualmente de todos os nomeados nesta categoria, até mesmo para além dos 5 nomeados que foram revelados.



Viajar está nos genes dos países latinos desde há 500 anos, e nós não somos exceção. Apesar das diferenças entre mim e o P, o gosto de viajar, conhecer novos sítios e viver novas aventuras é partilhado. Na nossa mente pululam constantemente destinos (completamente diferentes, lol) que davam para preencher uma longa vida. Diz-se habitualmente "não vivas para trabalhar, trabalha para viver". No meu caso, é mais não vivas para trabalhar, trabalha para viajar.

Viajar para mim não é uma opção, mas uma necessidade. Já viajar em modo low-cost é um gosto pessoal, é o que nos permite ver mais coisas por menos dinheiro. Três semanas nos Estados Unidos, 14 dias em Itália ou 11 dias na Islândia... ah, calma, esta ainda não foi; não se torna pesado no orçamento, basta querer. E isso permite depois certas extravagâncias, como andar de helicóptero sobre o Grand Canyon (não se realizou porque a Natureza não quis), ir visitar partes do Vaticano que não estão abertas ao público ou derreter nas termas mais famosas do mundo.

Casey Levens para a JÓN Magazine

Quero agradecer, não o prémio em si, mas à equipa que esteve por detrás da organização dos primeiros Cigno Blog Awards, e que fez um trabalho fantástico na afirmação desta iniciativa pioneira na 'nossa' blogaysfera. Depois, a todos os leitores e comentadores do blog, os habitués, os ocasionais e os que mandam mails a perguntar se somos mesmo um casal de homens (para quem ainda tinha dúvidas, sim, somos). E last but not least, à minha cara-metade, que há cinco anos me faz o homem mais feliz do mundo. Obrigado por seres assim. E por ires comigo para Istambul daqui a 3 semanas. :D

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Receava essa pergunta. Do meu lado, tenho a certeza que sim. Do lado do P... daqui a bocado confirmo novamente. ;)

      Eliminar
  2. :-) Não conheço o vosso blogue há muito tempo, mas deu para ver que a "componente" viagens está muito marcada nas vossas partilhas. Um prémio bem entregue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Limite. Tu também és uma aquisição recente no meu blogroll, e já cá andas há mais tempo que eu, lol.

      Eliminar