dois coelhos

Esta é a nossa história, dois rapazes destinados um para o outro, que se conheceram quando um tinha 20 anos e o outro 26.
Desde esse dia que a nossa vida mudou para sempre! E vocês são as nossas únicas testemunhas!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Too Much Information XVI - Conversas de casa de banho

Conversas de casa de banho...



A casa de banho é uma das divisões mais íntimas da casa. Lembro-me, quando vim da terrinha para uma residência de estudantes em Lisboa, o zelo que algumas pessoas tinham em ter a sua casa de banho privativa. O meu quarto tinha uma casa de banho comum a meio do corredor, partilhada por uns 40 rapazes (Meu Deus, e eu que não sabia nada da vida na altura...), e isso nunca me causou confusão. Ainda hoje, quando falo com amigos sobre viagens e digo que nos hostels as casas de banho são habitualmente partilhadas, vejo o olhar de horror de algumas amigas.
Vivendo finalmente com o rapaz dos meus sonhos, apenas nós os dois usamos a casa de banho, porém temos rotinas e hábitos completamente diferentes. E vocês?


1. Papel higiénico - em cima do autoclismo ou no suporte?
2. Quem repõe o papel aí em casa?
3. O que fazes se durante o serviço te apercebes que não há papel higiénico?
4. Tampa da sanita - para cima ou para baixo?
5. Deixas a porta aberta quando estás a usar a sanita?
6. E a tua cara-metade, deixa a porta aberta?
7. Casas de banho públicas são constrangedoras?
8. Numa casa de banho pública, esperas até estares sozinho?
9. Ainda na casa de banho pública, verificas sempre se há papel higiénico?
ADENDA 10. Qual o escrito de porta de casa de banho pública mais memorável? (feat. Sérgio)

BÓNUS
Como foi aquela vez que tiveste sexo numa casa de banho pública?





TMI QUESTIONS
Perguntas divertidas, ligeiramente constrangedoras, destinadas a revelar demasiada informação entre ti e o teu parceiro, amigos ou família.
PUBLICA AS TUAS TMI ASWERS




Responde às perguntas no teu blog ou tumblr e põe o link nos comentários para que outros possam ler as tuas respostas, visitar o teu site e conhecerem-te um pouco melhor.

7 comentários:

  1. 1 - no suporte, com a ponta virada para trás.
    2 - eu, é só esticar a mão, está no armário sob o lavatório. tenho sempre pilhas de rolos e um medo que se mo acabe. já fui ao rolo de cozinha em tempos...
    3 - já passei por isso no wc do trabalho, meio que subi as calças e fui rapidamente para o wc do lado :D - as mulheres são mais complicadas neste ramo.
    4 - para baixo e bem tapada. os outros gatos bebiam da sanita.
    5 - em casa, sempre. no trabalho, detesto. o wc dos homens é em frente. a nossa porta não tem mola e não se fecha automaticamente. há mulheres que deixam a porta sempre aberta. eu digo para mim 'têm medo de entalar a cauda...'
    6 - há muitos anos era como eu, havia constrangimento, agora, com a convivência, não. não fica aberta completamente, mas nunca se fecha, nem nos banhos.
    7 - antes eram, agora, é andar, mas prefiro aguentar até chegar a casa sempre que possível, porque gosto de estar à vontade e demoro eternidades. levo o tlm ou um livro.
    8 - não.
    9 - depois do que passei, sim, sempre! e tenho lenços de papel na mochila, para as urgências.

    ResponderEliminar
  2. Falta aí a melhor das perguntas sobre wc públicos, sobre "arte e literatura" de porta de casa de banho pública XD

    ResponderEliminar
  3. (Respondendo sobre a morada dos dias úteis, onde passo mais tempo)

    1. Não há suporte para papel; anda por ali, geralmente sobre o autoclismo.

    2. Eu; moro sozinho.

    3. Nunca o deixo acabar; especial atenção se tiver visitas :)

    4. Para baixo, sempre.

    5. Quando estou sozinho em casa, nunca fecho a porta. Durante o dia há a vantagem de entrar luz natural, evitando gastar energia.

    6. I'm a single man.

    7. Sim, sem dúvida. A limpeza deixa sempre a desejar, e tudo o que não possa ser feito em pé, é de evitar.

    8. Se tiver individuais prefiro. Mictórios em série foi coisa que nunca gostei e raramente consigo utilizar se estiver alguém por perto.

    9. Se não houver papel não entro sequer.

    10. (mea culpa) Reparo sempre no que há escrito e desenhado nas portas e paredes. Muitas vezes tiro fotos :)
    Existe um livro que tem como ponto de partida esse tema: "O guardador de retretes", de Pedro Barbosa.

    BÓNUS
    Era coisa que achava piada fazer num wc de avião, acima dos 10 000m de altitude :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho o teu problema dos mictórios.

      Em relação aos escritos, tenho um livro já 84 sobre "Grafitos de Banheiro", de Gustavo Barbosa, um autor brasileiro. Estive para o pôr na letra G do desafio dos livros.

      Eliminar
  4. https://www.youtube.com/watch?v=A9HV5O8Un6k

    espero que gostem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá, Anselmo, este video derrete qualquer um... adoro o efeito de batom nos lábios do coelho, lololol Adorámos!

      Eliminar