dois coelhos

Esta é a nossa história, dois rapazes destinados um para o outro, que se conheceram quando um tinha 20 anos e o outro 26.
Desde esse dia que a nossa vida mudou para sempre! E vocês são as nossas únicas testemunhas!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Fantástico

É fantástico chegar a casa no final de um dia que correu bem e abraçar o namorado de felicidade. Mas mais ainda é chegar a casa no final de um dia que correu mesmo mal e abraçar-me ao meu bunnyzinho e não o querer largar nunca mais.

10 comentários:

  1. o melhor de tudo e chegar a casa e ter lá ao namorado

    ResponderEliminar
  2. Esse abraço quando as coisas correm mal é das coisas que tenho mais saudades. mas já estivemos mais longe. O Theo estará de volta a terras lusas a 12 de Setembro! Fiquem também com um abraço meu

    ResponderEliminar
  3. Essa é a vantagem de ter alguém que gostamos, tudo fica mais gostoso com a presença de alguém...
    Confesso que fiquei com um pokito d inveja...rs
    Forte abraço

    ResponderEliminar
  4. Há coisas que não deveriam ser ditas a quem ama à distância: o Félix e o André decerto apoiam o que digo.
    Mas fico feliz por vocês.

    ResponderEliminar
  5. É verdade que há algum egoísmo neste post. Compreendo que viver um amor à distância é difícil, e acreditem que tenho o maior reconhecimento por quem o faz.
    Porém, apesar daquele ter sido um dia mau (infelizmente ultimamente escasseiam os dias bons), tive de partilhar com vocês a alegria que senti de chegar a casa e poder simplesmente abraça-lo e sentir-me seguro.

    ResponderEliminar
  6. Isso é lindo! Felicidades, muitas :)

    ResponderEliminar